Como cultivar e fazer florescer a espada-de-santa-bárbara (Dracaena trifasciata)

A espada-de-santa-bárbara, também conhecida como espada-de-iansã, é uma planta bastante cultivada. É uma daquelas plantas que sempre víamos na casa da avó. Antes, chamada de Sansevieria trifasciata 'Laurentii' teve seu nome científico mudado para Dracaena trifasciata. Irei repassar o que aprendi, de como cultivar essa linda planta.

Espada-de-santa-bárbara (Dracaena trifasciata) com flores.


A Dracaena trifasciata é uma planta nativa da África, de fácil cultivo e tóxica (nunca se alimente dela! Caso os animais de estimação comam, podem ter reações desagradáveis, como diarreias). É uma planta muito durável e que não exige muitos cuidados. Suas folhas armazenam água, sendo consideradas suculentas.

Excelente para cultivar dentro de casa, por ser um purificador de ar. Suas flores são perfumadas e raramente são vistas em plantas criadas em ambiente interno.

Desta vez farei diferente: irei postar sobre como minha mãe cultiva sua espada-de-santa-bárbara ao ar livre e como cultivar em ambiente interno.


Como minha mãe cultiva sua Dracaena trifasciata


Quantos anos ela tem (do vaso)?

Mãe: uns 7 anos.

Elas gostam mais do vaso ou do chão?

Mãe: ela é cultivada tanto em vaso, quanto no chão e gostam de ambos.

Qual a frequência de rega?

Mãe: de uma a duas vezes por semana, depende do clima. 

Complemento: quando está mais quente, ela rega duas vezes na semana.



Elas ficam no sol ou na sombra?

Mãe: fica embaixo da jabuticabeira e pega sol em uma parte do dia, depende do lado em que ele está. 

Complemento: ela fica a meia-sombra. Ela foi cultivada em outra casa por 4 anos e lá ficava em cima de uma mesa do lado de fora. Pegava sol em meio período do dia. Não ficava perto de árvores.

Aduba elas?

Mãe: não. Só coloquei calcário duas vezes. 

Complemento: as folhas da jabuticabeira e de outra árvore, caem sobre elas, secam e de certa forma fornecem nutrientes a planta.

Quanto tempo demorou para florescer (somente a do vaso floresceu até agora)?

Mãe: só floresceu quando veio para esta casa, nem sabia que ela florescia.

Complemento: demorou 4 anos para florescer. O ambiente passou a ser mais fresco e cercado de verde, mantendo mais a umidade em volta. Além de receber o calcário e as folhas secas, o local e os nutrientes recebidos contribuíram para que ela florescesse, porém, a idade também colaborou.

Espada-de-santa-bárbara (Dracaena trifasciata) em vaso e uma muda que nasceu no chão (ao lado direito).


Como cultivar em ambiente interno


  • Cultive em um vaso médio para grande, de preferência de barro ou cimento, para a planta não tombar. Apesar de as raízes serem curtas, a planta cresce bastante, precisando assim de um bom espaço;

  • Coloque em um local que ela receba pelo menos o sol da manhã, porém, caso não seja possível, procure colocar em um que seja mais quente e mais iluminado. Apesar de tolerar um pouco de sombra, é bom evitar locais muito escuros;

  • Regue bem em estações mais quentes, como o verão. Evite encharcar. Reduza as regas no outono e inverno e nunca regue o centro da planta. Para manter uma boa umidade, utilize forrações em cima do substrato: como palha, folhas secas ou musgo seco; 

  • Por ser uma planta pouco exigente, não precisa adubar sempre. Pelo menos a cada 3 meses, coloque esterco bovino curtido ou algum adubo químico de manutenção (sempre seguindo as recomendações do fabricante. Na dúvida, coloque menos que o indicado);

Não existe muito segredo para cultivar espada-de-santa-bárbara. Com essas dicas, você poderá ter sua bela planta, dentro de casa ou ao ar livre!


Boa sorte e bom cultivo!



Quer aprender a cultivar outras espécies?




Tem alguma dúvida?
Deixe um comentário e em breve responderei!



Você também pode gostar

0 comentários