Como cultivar vinca-de-madagascar (Catharanthus roseus)

Para comemorar a chegada da primavera, deixo a forma de cultivo de uma planta que floresce o ano todo e embeleza nossos jardins! Vinca, vinca-de-madagáscar, ou boa-noite como também são conhecidas, as Catharantus roseus são plantas de flores delicadas que, sempre víamos nos jardins durante nossa infância. De fácil cultivo, é uma excelente planta para quem tem pouco tempo para se dedicar.

Na cidade em que nasci em Minas Gerais, também a chamamos de maria-sem-vergonha (por crescer em qualquer lugar, não precisando da ajuda do ser humano para se propagar).

Flores de várias cores da vinca-de-madagascar (Catharanthus roseus).

Conhecendo a vinca (Catharanthus roseus)


Da família das apocynaceae, as vincas são nativas de Madagáscar. É uma planta perene, de caule semi-lenhoso que pode crescer até 1 metro de altura. De flores delicadas, de cinco pétalas e de várias cores, além das folhas bem verdinhas que dão um lindo contraste. Ela pode ser considerada erva daninha em nosso país, por ter alta taxa de germinação de suas sementes, que são liberadas após o "estouro" da cápsula.

Geralmente cultivada no chão, em canteiros e jardins, é possível cultivar também em vaso.

Flores de várias cores da vinca-de-madagascar (Catharanthus roseus).

Cuidado, planta tóxica!

Caso tenha crianças e animais em casa, evite o cultivo, pois as folhas são alucinógenas e podem causar intoxicação.



Como cultivar vincas


Substrato

Por não ser uma planta tão exigente, pode ser cultivada em quase todos os tipos de substratos, porém aconselho um que seja um pouco drenável e com pH entre 6 e 7 (ácido). Evite solos muito compactos, principalmente se for cultivar em vaso. Um substrato que uso para plantas assim, são duas partes de terra vegetal, uma de esterco bovino curtido e meia de areia média lavada de rio. Lembre-se de sempre colocar pedriscos no fundo do vaso para ajudar no escoamento da água.


Rega

Gosta de solos úmidos, mas nunca encharcados. Aguenta períodos de seca, desde que não seja muito longo. Regue quando ver que à terra está seca por cima.


Clima

Pode ser cultivada em meia-sombra ou no sol. Se for cultivada em meia-sombra, ela pode florescer menos e acabar sendo uma planta anual, já no sol ela será uma planta que irá dar flores ano todo.Caso suas vincas estejam ficando com as folhas amareladas, uma das causas pode ser o excesso de sol ou também de água.


Adubação

Adubar com esterco bovino a cada 3 meses, já ajuda a planta a se desenvolver bem. Entretanto, se ver que ela está florescendo pouco ou não está, coloque um adubo de NPK 4-14-8 par floração, conforme a descrição do fabricante. Na dúvida, coloque menos que o indicado.


Floração

As vincas florescem abundantemente quando bem cuidadas. É possível encontrar em várias cores de flores, desde brancas até rosas mais escuras, de cores únicas, rajadas e também com duas cores. Para fazer florescer? Adube sempre! Planta que não "come" não prospera!

Vinca-de-madagascar (Catharanthus roseus) de flores rosas.

Polinização

É polinizada por abelhas e borboletas, mas são adaptadas para autopolinização também.

Cápsulas verdes com as sementes da vinca-de-madagascar (Catharanthus roseus).

Reprodução

Por sementes: após a polinização, irá surgir cápsulas com sementes. Assim que amadurece, a cápsula se abre e espalha às sementes, que são bem pequenas, redondas e pretinhas. É possível conseguir algumas após a cápsula se romper. Em breve irei tentar germinar e compartilhar o passo a passo aqui.

Por estacas: retirando uma estaca (caule/galho) e plantando em substrato drenável, mantendo úmido até que se forme as raízes. Cuidado com encharcamento.




Poda

Pelo menos a cada dois anos, pois a planta não vive muito tempo. Sempre podar os galhos e as folhas secas.


Pragas e Doenças

É uma planta bem resistente, mas pode aparecer algumas pragas, como cochonilhas e podridão da raiz, por excesso de água. Evite o excesso de água e manterá sua planta sempre saudável! Caso aconteça, remova às cochonilhas e a planta que está com a podridão na raiz para não se espalhar para às outras.

Cápsulas maduras e abertas com as sementes da vinca-de-madagascar (Catharanthus roseus).

Agora que já sabe como cultivar as vincas, que tal alegrar mais o seu jardim com as mais variadas cores?


Boa sorte e bom cultivo!

Quer aprender a cultivar outras espécies?


Tem alguma dúvida?
Deixe um comentário e em breve responderei!

Você também pode gostar

0 comentários