Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de julho de 2019

30 curiosidades sobre as joaninhas (Coccinellidae)

As joaninhas são seres adoráveis e benéficos para nossos jardins. Elas ajudam de forma indireta na polinização e, direta na eliminação de algumas pragas que insistem em acabar com nossas plantas. Considerada um símbolo de boa sorte para muitas pessoas, talvez você as conheça bem, mas talvez tenha algo a mais para descobrir!

Joaninha (Coccinellidae) em uma flor de crisântemo.


1. As joaninhas são também conhecidas como "Besouro de Nossa Senhora". Uma lenda que se iniciou na Idade Média conta que, alguns agricultores rezaram para que Nossa Senhora salvasse suas plantações de ataques de pulgões. Logo após, uma colônia de joaninhas apareceram, comeram os pulgões e salvaram a colheita;

2. Existem mais de 5000 espécies de joaninhas. Nem todas são vermelhas com pintas pretas. Há também amarelas, pretas, rosas, marrons e laranjas, com pintas de outras cores, não somente pretas, podendo ter até 24. E tem as listradas e sem pintas;

3. Não é possível saber a idade da joaninha contando suas pintas. Se fosse por idade, todas teriam no máximo três;

4. Algumas espécies de joaninhas são identificadas pelo número de pintas. A mais comum é a de 7 pintas da espécie Coccinella septempunctata;

5. Conforme envelhecem, as pintas das joaninhas vão desaparecendo até sumirem por completo;

6. As cores fortes e vibrantes das joaninhas servem como aviso aos predadores. Fiquem longe, pois tenho um gosto ruim!

7. A carapaça da joaninha é feita de quitina, o mesmo encontrado em nossas unhas;

8. As joaninhas são besouros e não insetos. Os insetos têm bocas que parecem agulhas para sugar o líquido, enquanto os besouros mastigam seu alimento;

9. Elas têm dois pares de asas, mas só um é usado para voar. Elas ficam "guardadas" dobradas dentro de suas "carapaças", e o segundo par serve como proteção das asas principais que são delicadas;

10. As joaninhas batem suas asas 85 batidas por segundo para voarem.

11. Em um único voo elas podem viajar até 120 km de distância, em altitudes de 1100 metros e até 24 km por hora;

12. As joaninhas não voam quando a temperatura está abaixo de 15 graus. São mais ativas, acima de 16 graus;

13. As joaninhas têm dois olhos, mas não enxergam bem. Só conseguem diferenciar a luz da escuridão e são as antenas que ajudam elas a sentirem o cheiro, o sabor e o caminho;

14. Os pés das joaninhas também ajudam a sentir o cheiro, além de andar;

15. As joaninhas se comunicam através de sinais químicos liberados pelo corpo, chamados de feromônios;

O cheirinho não é nada agradável, rs.


16. As joaninhas não têm nariz e não respiram pela boca, mas sim, pelo tórax e através de pequenas aberturas;

17. Joaninhas mordem. Entretanto não se preocupe! Elas não têm dentes;

18. A maioria das joaninhas são carnívoras devoradoras de pulgões, cochonilhas e alguns outros insetos que destroem as plantas. Esporadicamente comem pólen, quando não encontram suas presas nas flores. Se ver alguma em suas plantas, agradeça!

19. Em 2002 uma espécie invasora de joaninhas (Harmonia axyridis), vindas da Ásia foram introduzidas (acidentalmente) no Brasil. Apesar de estarem espantando as nativas, elas não têm sido, por enquanto, motivo de preocupação;

20. Para diferenciar o macho da fêmea, é necessário colocar ambos um ao lado do outro. O macho é o menor. Difícil é conseguir essa façanha;

21. Elas são ótimas atrizes! Se um predador vem para atacá-las, elas tombam e viram as pernas para cima se fingindo de mortas. Se não funcionar? Elas soltam um líquido fedido para espantar os predadores. Elas têm muitos predadores, como as aranhas, percevejos, libélulas, sapos e pássaros;

22. O líquido amarelo que a joaninha solta é, sangue;

23. As joaninhas hibernam no inverno, entretanto, não é para se aquecerem. Como elas têm sangue-frio, o corpo não produz calor. Elas se juntam formando colônias, para aumentar a proteção durante a hibernação. Mas não antes de se acasalarem!

24. Joaninhas foram enviadas ao espaço com pulgões, para ver se a falta de gravidade influenciaria em algo. O resultado foi que, elas não precisam de gravidade para conseguirem se alimentar;

25. Os agrotóxicos podem afastar e matar as joaninhas;




26. Joaninhas passam por metamorfoses como as borboletas. Após botarem os ovos, as larvas eclodem entre 2 e 5 dias. Em até duas semanas, se bem alimentadas, entram em um "casulo" e ficam até uma semana, para só assim, renascerem como os belos besouros que sempre vemos;

27. As joaninhas botam seus ovos sempre próximos aos pulgões, por serem uma fonte de alimento para as larvas;

28. Elas também botam ovos inférteis, caso as larvas fiquem sem alimento, podendo comê-los;

29. Elas botam até 50 ovos durante sua curta vida;

30. As larvas de joaninha não são nada fofas. Lembram até um pequeno jacaré (não no mesmo tamanho, felizmente). Não as, mate!


Sabia de tudo isso? As joaninhas são incríveis, não são?



Nenhum comentário:

Postar um comentário