Tradutor

sábado, 23 de março de 2019

Como cultivar rosa-do-deserto (Adenium sp.) e fazer florescer

23.3.19 2 Comentários
Você também é uma apaixonada (o) por rosas-do-deserto (Adenium sp.)?

Essa linda e exótica planta, de fácil cultivo, pertence a família das Apocynaceae. Nativa da África e da Península Arábica, foi vista pela primeira vez em 1819. Planta herbácea, suculenta e de flores perenes, a Adenium tem várias espécies, de variadas cores, mescladas, degradês e dobradas. 

Primeira flor da rosa-do-deserto da minha mãe, reproduzida por estaquia da planta matriz.


Os exemplares da minha mãe - fotos nessa postagem

Eu plantei algumas sementes em 2009, das que germinaram, dei duas mudas para duas tias e fiquei com uma. Alguns anos depois, me mudei para um local pequeno e que não batia sol e doei minha planta para minha mãe. Ela fez uma estaquia da planta principal e hoje tem duas, a matriz com 10 anos e a que foi reproduzida por estaquia, que está com 3 anos.


Como cultivar

Pode ser cultivada no chão e em vaso. No chão ela irá crescer livremente, podendo alcançar 3 metros de altura. Em vaso ela irá se limitar ao tamanho, e pode ser bem interessante cultivar usando a técnica de bonsai. O solo deve ser bem drenável e arenoso. Duas partes de terra e uma de areia de rio lavada, média ou grossa, será muito apreciada pela planta. Coloque também pedrinhas no fundo do vaso, para ajudar na drenagem e evitar o acúmulo de água nas raízes.


Rega e Clima

Por ser uma suculenta, a rosa-do-deserto armazena água e nutrientes em seu caule e por isso não é necessário que seja regada sempre. Espere o solo secar primeiro, para depois regar até a água sair pelos furos do vaso. Apesar dela tolerar bem a seca, não é recomendado ficar muito tempo sem regar.

Pode ser cultivada em meia sombra, mas para um florescência abundante é recomendado o cultivo em pleno sol. 


Adubação

Como toda planta, principalmente as cultivadas em vaso, é necessário receber nutrientes para manter a saúde e florescerem. Há adubo próprio para rosas-do-deserto, mas caso não encontre, pode ser usado adubo de floração. Siga sempre as instruções do fabricante. Na dúvida, use uma quantidade menor que a informada na embalagem. Uma vez a cada 3 meses, é necessário adubo orgânico, podendo ser casca de ovos seca e triturada e/ou esterco bovino.

Planta reproduzida de uma estaquia que, foi adubada adequadamente e floresceu pela primeira vez após 3 anos.


Como fazer a rosa-do-deserto florescer

A principal forma é com a adubação, mas caso perceba que mesmo assim ela não está florescendo, há uma outra forma: a poda drástica. Faça a poda drástica no inverno, época que a planta entra em dormência. Quando começar a primavera, como defesa e para se reproduzir, ela irá soltar botões de flores.


  • Como fazer a poda drástica


Corte com uma tesoura ou estilete limpo e esterilizado, uns 4 dedos a cima da base do galho (Conforme a imagem abaixo).

Corte com uma tesoura ou estilete limpo e esterilizado, uns 4 dedos a cima da base do galho. Aqui a poda foi feita em 29/06/2018.

Aqui é a planta 5 meses após a poda drástica.

Flores da rosa-do-deserto 7 meses após a poda drástica.


Reprodução

As Adeniuns podem ser reproduzidas por sementes - precisando de duas amostras de plantas para que ocorra a polinização  -,  e também por estaquia. Na estaquia, é só cortar um galho da planta, deixar secar por um dia e replantar em outro vaso. Na imagem abaixo, a planta menor é de uma estaquia de um galho da planta maior.

Duas rosas-do-deserto, sendo uma a planta matriz e a outra de uma estaquia da matriz.