4 PASSOS PARA RECUPERAR SUA PLANTA QUE ESTÁ MURCHANDO (RECÉM COMPRADA)


A planta que ilustra o antes e depois, é a margarida-do-cabo (Dimorphotheca Ecklonis), planta nativa da África que gosta de água e sol, apesar de se dar bem em meia sombra também.





Você sai para comprar algo e se depara com aquela linda planta. Foi amor à primeira vista! Pega com todo cuidado, chega em casa feliz da vida, orgulhosa (o) da nova moradora. Passam-se horas, as vezes um único dia e a planta começa a murchar, murchar...

Algumas pessoas colocam água e esperam para ver se a planta reage. As vezes ela não reage só com água em si. Após muitos testes bem sucedidos, irei mostrar como é fácil recuperar sua planta, sem muito esforço.

É sempre bom lembrar que a maioria das plantas compradas em floriculturas e supermercados, são cultivadas em estufas e muitas, acostumadas com ambiente interno, com muita luz e na maioria das vezes sem sol. Foi o caso da margarida-do-cabo, que peguei ela em uma prateleira que pega muita luz e ventilação, mas é fechada por telas, sendo cultivada sem sol. Ao levar para casa, a planta sentiu sentiu a mudança brusca de ambiente.




Cultivando no quarto

No meu quarto por exemplo - Sim! Cultivo minhas em plantas em meu quarto! - é bem quente quando faz sol durante o dia, tem muita luz, porém um pouco abafado, por só poder abrir uma janela pequena. Mas o importante é que ela ventila.

Quando a Margarida-do-cabo chegou, assim como outras que comprei, ela sentiu e começou a murchar nas primeiras horas. Mas no dia seguinte, eu precisei arregaçar as mangas e "salvá-la" antes dela morrer.

    Lembre-se que cada planta tem seu tipo de cuidado ideal. Aqui seguirei os passos para recuperar uma planta que gosta de água em suas folhas também!  
    Possivelmente após esse transplante, as flores irão murchar.



      Hora de botar a "mão na massa"

      1. Borrifar bem as folhas para ajudar na hidratação (evite fazer isso em cactos e suculentas)

      As folhas murchas é sinal de desidratação, então comece borrifando suas folhas e evitando as flores. Borrife em, até pingar água. Verifique a terra e se estiver seca aguar até sair água pelos furos.



      2. Cortar as flores e folhas secas

      A poda é um processo importante! Retire todas as folhas secas e as amareladas, flores que murcharam muito e enrugaram, elas dificilmente voltam. Limpe bem a base dela. Irá ver vários novos rebentos, tome cuidado para não cortar eles.



      3. Transplantar


      A maioria das plantas vem em vasos plásticos, até pelo custo, porém não é interessante manter a planta nesses vasos, por não manter por não manter a umidade. Vasos de barro são os mais indicados e tem preços acessíveis também. Coloque brita no fundo para ajudar a drenar a água.
      Use a manta bidim para evitar com que o substrato vaso. Comprei em uma floricultura e o preço é acessível.

      Quando tirar a planta do vaso, irá ver que ela tem muita raiz, desembarace e elimine um pouco. Normalmente corto a metade. Isso ajudará a dar mais força a planta e ajudar na captação de nutrientes.




      Na mistura do solo, usei as medidas 1:1:1/2 (respectivamente)

      • Terra vegetal adubada;
      • Húmus de minhoca;
      • Cascalho fino ( 2mm mais ou menos).


      4. Regar bem até sair água pelo furo no fundo do vaso

      Após o transplante coloque bastante água e deixe escoar bem. Coloque em um local com muita luz, porém mais fresco, com o tempo você vai mudando, até colocar onde bata sol. Caso venha de um local ensolarado e você não tiver um ambiente assim, deixa próximo a janelas que calor mínimo para ajudar na transição. Ela precisará ir se adaptando aos poucos, para não sentir tanto e durar muito tempo!


      Boa sorte e bom cultivo!



      Quer aprender a cultivar outras espécies?




      Tem alguma dúvida?
      Deixe um comentário e em breve responderei!


      Você também pode gostar

      13 comentários

      1. Plantei no Jardim a begonia e de um dia para outro murchou inteira. O que fazer?

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Olá! Boa noite, seja bem-vinda (o)! Apesar de ser normal uma planta murchar, devido a troca de ambiente, a época certa de plantar ou transplantar as begônias é no começo da Primavera. Dia antes de plantar, é preciso deixar o solo úmido, para que as raízes não sequem na transferência de local. Plante em um local onde bata sombra em uma parte do dia e sol na outra. o solo precisa estar aquecido antes do transplante. As begônias não toleram bem o frio e no começo (transplante ou plantio), excesso de sol também pode prejudicar a planta. Após plantar, com as raízes bem cobertas, molhe bem e seque quando o solo começar a secar, mas não deixe que seque demais e não deixe que encharque. Como ela está murcha, continue aguando e se algumas folhas estiver começando a secar, corte-a. Pode se for necessário para que a planta gaste menos energia tentando recuperar as folhas que já estão secando (até porque não irá recuperar). Mas as murchas , as chances são enormes. Boa sorte e bom cultivo! Depois conte se essas informações te ajudaram a recuperá-la. 😊

          Excluir
      2. Olá! Recentemente ganhei um vaso de margaridas e decidi passa-las para o meu canteiro (terra externa). Andei pesquisando em coml cuidar das margaridas para evitar de perde-las mas quando as plantei, no dia seguinte elas pareciam "desanimadas", a maioria "de cabeça baixa". Como é quintal, pega sol durante a manhã até o final da tarde. Ando regando com frequência (mas não em demasia) - todos os dias - e não vi melhoras. Ontem decidi colocar um pouco de borra de café para ver se ela se animava, mas nada...
        Saberia me dizer o que há de errado com minhas florzinhas? E o que devo fazer para melhorar a saúde delas. Grata!

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Bom dia, Larissa. Tudo bem? Seja bem vinda! Por favor, me diga quando você transplantio elas? O sol é bem forte aí? Vou deixar aqui algumas dicas de transplante e pós transplante:
          Quando for transplantar para o conteúdo, abra a cova e sempre molhe bem antes, para receber a planta e ela não sentir tanto; após coloque a terra em volta e aperte um pouco para as raízes ficarem em contato com a terra nova; faça um círculo em volta do caule, como se fosse uma bacia, não precisa ser fundo, só para evitar que vc jogue água direto no caule e a terra saia. No caso da margarida, quando for aguar, molhe bem, mas cuidado com encharcamento (e só regue quando não tiver sol; no comecinho da manhã ou final do dia), se tiver flores, corte-as sem dó (às flores sugam bastante energia da planta e vai atrapalhar no crescimento das raízes), assim que ela ficar bem novamente irá lhe presentear com mais flores. Coloque alga forração envolta da planta, para ajudar a manter a umidade do solo, pode ser palha seca, folhas secas...
          Se tiver como colocar alguma coisa para proteger do sol da tarde, pelo nos até ela pegar, coloque. Pode ser sombrite. Tire aos poucos quando a planta pegar. Nunca adube antes dos 30 dias após o transplante. Depois disse, vá adubando gradativamente. Pode ser com borra de café e casca de ovos triturada, mas se tiver um mais completo para floração melhor. Desejo muita sorte, que sua planta fique firme e a contemple com muitas flores e que essas dicas à ajude. E lembre-se murchar após transplante é normal, secar é perigoso! Precisando, pode chamar ou me mandar e-mail com as fotos dela para acompanharmos juntas!
          minijardimecia@gmail.com
          Abraços! 😊🌱

          Excluir
        2. Excelente! Estarei lhe enviando um e-mail mais detalhado.
          Agradeço de coração pela atenção!!!

          Excluir
      3. Fiz um transplante de uma planta, mais ela não está reagindo você pode me da uma dica do q posso fazer? E terra está adubada e com miocas gacobae marítima e o nome da planta.

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Olá, Vanderlena! Seja bem-vinda! Faz quanto tempo que fez o transplante? Colocou pedriscos no fundo do vaso para não acumular água? Nesse período de adaptação ao novo solo e local,ela vai sentir um pouco. Mas até ela "pegar",mantenha em um local com muita luz e sem sol. Com regas regulares,mantendo o solo mais úmido, mas sem encharcar. Se algas folhas secarem, remova para não sobrecarregar a planta. Apesar da terra já estar adubada, não adube antes dos 30 dias do transplante e mesmo se passar os 30 dias e a planta continuar sentindo a mudança. O foco no começo é ela se adaptar e voltar a soltar raízes. Se quiser enviar fotos para o minijardimecia@gmail.com, eu posso te ajudar melhor. Após ela se estabelece,vá colocando o ASO no sol aos poucos, começando com poucas horas, depois meio período e depois dia todo. Ela adora sol, mas tolera bem o frio do inverno. Qualquer dúvida estou a disposição. Beijos

          Excluir
      4. M8hna lavanda ja é um arbusto mas esta muchando qual receita canseira posso FAZER para recuperar

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Olá! Seja bem-vinda (o)! Qual a idade da sua lavanda? Elas tem em média de 10 a 12 anos de expectativa de vida. Mudou a forma como vinha cuidando dela? O clima da sua cidade mudou? Me mande fotos dela no minijardimecia@gmail.com e conseguirei te ajudar melhor. Me diga também, se usa algum adubo. Aguardo seu contato! 😊

          Excluir
      5. Oi tudo bom gostaria de saber sobre o caladiun, ele estava bonito quando ganhei de um vizinho moro em apto. Ele começou a ficar desmiliguido, as folhas murchas
        Esborrido água as vezes, não molho direto, porque fiquei sabendo que ela não gosta de ficar muito encharcada, podei as folhas caídas e agora o que faço, obrigada, se possível você pode e me orientar grata

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Olá, seja bem-vinda (o). Sua região tem outono e inverno definidos ou é uma região quente o ano todo? No outono e inverno elas tendem a murchar por entrar em dormência. Ela fica em que local do AP? Bate sol, tem muita ou pouca luz? Quando rega, você deixa sair água pelos orifícios? Quanto ao borrifar, se ela fica dentro do apartamento, não aconselho. Isso pode causar uma umidade excessiva e acabar apodrecendo a planta. Se quiser me enviar um e-mail com fotos dela e como vc tem cultivo e o local que ela fica ou ficava (ela pode ter sentido a mudança também), eu posso te ajudar melhor. Meu email minijardimecia@gmail.com. 😊

          Excluir
      6. Olá tudo bem, obrigada pelas dicas, tenho gerberas na minha varanda,tem luz direta do sol, aqui no pico faz uns 30 graus agora 25 . Ela parece bem mudei para um vaso maior tem ao lado uma pequena trepadeira acho que é heredia americana, pode ser? Devo regar quando terra está mais seca apenas?Li que leva pouca água. Ela tem rebentos novos é pequena, algumas flores têm secado,é normal? Mas a maioria das flores estão bonitas. Obrigada tudo de bom para vocês.

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Olá! Tudo bem e com vc? Seja bem-vinda (o)! Fico feliz que tenha gostado das dicas!! Você replantou ela faz pouco tempo? Se sim, ela pode ter sentido; por isso as flores podem estar secando. Outro problema que pode fazer elas secarem rápido, é o excesso de sol. Pela media do clima que disse, pode estar muito quente para ela. A trepadeira que disse não consegui identificar. Ela está fazendo um pouco de sombra na gerbera? Ela pode ajudar também a manter o local envolta mais fresco. Quanto a rega das gérberas, ela não é muito fã de muita água. Então espere secar levemente o substrato para poder regar. O substrato precisa ter boa drenagem. Pode colocar areia média ou grossa lava de rio. Duas partes de terra e uma de areia pode ajudar; colocar pedriscos no fundo do vaso também, para evitar que as raízes fiquem muito tempo molhadas. As gérberas são lindas, né? E bem resistentes!! Espero tê-la ajudado! Qualquer dúvida pode enviar por e-mail também minijardimecia@gmail.com, com fotos para ajudar melhor! Bom cultivo!! Eu que agradeço pela visita e carinho! 😊

          Excluir