Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Faça você mesmo um mirante em miniatura para decorar seu bonsai!

31.1.17 0 Comentários

Sabe aquele vaso com sua planta favorita e que está precisando de uma repaginada? Inserir móveis e acessórios em miniatura poderá deixar seu vaso mais criativo e atrair vários elogios, além de ficar lindo!

Que tal escolher o tema, uma paisagem que você tenha visto ou até mesmo transformar um objeto que te marcou em uma miniatura fofa.

Abaixo ensino a fazer um mirante em miniatura ( aproximadamente 12 cm), que foi escolhido por adorar um mirante! Todo lugar que vou e tem um, fico um bom tempo admirando a panorâmica do local!

Esse mirante foi feito de palitos de sorvete e palitos de churrasco, para decorar o vaso com o bonsai bálsamo-de-jardim/planta-jade (Crassula Ovata 'Hummel's Sunset), com forração de erva-longa (Sibthorpia Europaea). 


Olha como dá um charme no vaso!

Mirante em miniatura de palitos de sorvete em um bonsai de bálsamo-de-jardim/planta-jade (Crassula Ovata 'Hummel's Sunset).

 

Materiais:

    • Palitos de sorvete com as pontas quadradas;
    • 2 palitos de churrasco;
    • Fita adesiva;
    • Cola;
    • Tinta marrom de sua preferência (ou outra cor);
    • Pincel macio;
    • Tesoura;
    • Régua.


      https://www.minijardimecia.com/search/label/Tutoriais%20de%20Miniaturas



      Passo a passo:


      O mirante foi feito sob medida e assim que você escolher onde irá colocá-lo, com uma régua meça a largura (eu usei 5 palitos de largura), o comprimento (total aproximado de 12 cm do caminho mais a escada) e a altura (o meu ficou em 4 cm aproximadamente).

      1. Una os palitos com fita adesiva para facilitar na hora de colar. Meça e corte dois pedacinhos da madeira (conforme a madeira do lado direito da imagem), e cole do lado direito e esquerdo;
      2. Reserve dois palitos de sorvete que será a "grade". Pegue o palito de churrasco e corte quatro (4) pedaços (o meu foi de aproximadamente 3 cm), que servirá de sustentação da "grade de proteção". Cole conforme a foto acima.
      3. Use um apoio (eu usei um alicate), na hora de colar a "grade de proteção" na base. Deixe secar bem;
      Após a secagem, ficará assim!
      4. Usando apoios, cole também o outro lado, conforme a foto acima;
      Vá testando em seu jardim, para ver se precisa corrigir algo e está encaixando bem. Aproveite e meça a altura que irá precisar fazer a escada.
      5. Pegue um palito de churrasco e corte ao meio (ou de acordo com a profundidade do vaso) e cole na base inferior (embaixo). Esse palito será a sustentação do final do mirante.
      6. Para fazer a escada, corte 4 pedaços de madeira para o suporte dos degraus. No meu caso a largura x altura ficou em média 4cm;
      7. Desenhei na folha para facilitar na hora de colar. Conforme o desenho, as laterais (da altura), tem que ficar inclinadas e para isso é preciso cortar o topo e o "pé", na transversal, conforme a foto acima. Quando colar os degraus, eles irão ficar reto;
      8. Vá colando as outras partes, conforme a imagem acima;
      9. Corte pedaços de madeira (palito), com as medidas necessárias para o encaixe. Nesta escada usei 3 pedaços;
      10. Para o parapeito do mirante, cole dois palitos (após medir o comprimento do mirante), em um pedaço de madeira menor (conforme a largura do mirante), conforme a foto acima;
      11. Cole a escada na ponta (parte de baixo), contrária ao palito para sustentação (aquele palito maior que irá se fixar no solo). Cole também o parapeito. O mirante ficará conforme a imagem acima, após todas as peças estarem coladas; Coloque ele no local onde ficará exposto, para ver se está tudo encaixando ou se é preciso corrigir algo.
      12. Você pode passar somente um verniz para proteger a peça e manter a cor original, ou pode pintar da cor de sua preferência. Usei tinta acrílica marrom e logo após a secagem, passei verniz fosco. Deixe secar por umas duas horas. Após, coloque no vaso!

      Esse mirante foi feito de palitos de sorvete e palitos de churrasco, para decorar o vaso com o bonsai Bálsamo-de-jardim/planta-jade (Crassula Ovata 'Hummel's Sunset), com forração de Erva-longa (Sibthorpia Europaea).




      Veja mais tutoriais de miniaturas em:



      Qualquer reprodução (total ou parcial de textos ou imagens) do conteúdo divulgado no Blog "minijardimecia.com", sem a prévia autorização, é proibida. Conheça a Lei 9.610 e o artigo 184 do Código Penal.

      segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

      Passo a passo de poltrona em forma de folha em miniatura feito com cerâmica fria

      16.1.17 0 Comentários
      A ideia é sempre buscar inspiração na natureza, para criar e decorar os pequenos jardins. Minha mais nova musa inspiradora foi uma folha de pinhão. Enquanto eu à admirava, percebi que suas cinco (5) belas folhas dariam uma boa poltrona em miniatura. E foi assim que “nasceu” essa belezinha!


      Banco/poltrona em miniatura em forma de folha de pinhão feita com cerâmica fria terracota.


      https://www.minijardimecia.com/search/label/Tutoriais%20de%20Miniaturas


      Materiais:
      • Uma folha verde (seca quebra tudo), de sua preferência (quanto mais textura ela tiver, melhor); 
      • Massa para modelar (usei cerâmica fria terracota - DAS); 
      • Estilete; 
      • Uma caixinha de fósforo.

      1. Escolha uma folha de sua preferência e lembrando que quanto mais textura ela tiver, melhor. Escolhi uma jovem folha de pinhão, por ela ser grande e dar uma liberdade maior para criar.
      2. Estique a massa de cerâmica fria com um rolo. Coloque a folha de pinhão em cima e aperte suavemente para marcar bem os detalhes na massa. Passe o rolo por cima que ajudará também!
      3. Usando um estilete recorte no formato da folha;
      4. Após recortar, retire, e com as pontas dos dedos vá arrumando o contorno da folha em cerâmica para dar o acabamento;


      5. Una as folhas superiores apertando levemente com as pontas dos dedos para fixar (veja a parte de trás na imagem abaixo);
      6. Coloque uma caixa de fósforos embaixo, para moldarmos os "pés" da poltrona;
      7. Dobre a folha lateral esquerda e direita conforme a imagem a cima;
      8. Pegue a ponta da folha esquerda e dobre para trás, repita o processo com a  folha da direita. Corte o "cabinho" da folha e dê uma enroladinha para baixo na ponta da folha do meio, só para ficar um acabamento mais delicado. Deixe secar por 24h ou mais, caso precise.


      Caso a parte do "encosto" da poltrona esteja muito mole, use algo para escorar durante a secagem.


      Você pode criar outros acessórios. Com uma folha de fícus por exemplo, fiz aquelas "pedras" que colocamos no caminho. Com uma tampa de garrafa pet, moldei uma folha feita coma  massa e fiz um vasinho de cerâmica.
      Caso queira, também poderá pintar, e logo após secar use um protetor ou verniz para proteger da água.



      Veja mais tutoriais de miniaturas em:





      Qualquer reprodução (total ou parcial de textos ou imagens) do conteúdo divulgado no Blog "minijardimecia.com", sem a prévia autorização, é proibida. Conheça a Lei 9.610 e o artigo 184 do Código Penal.

      quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

      Saiba as principais causas para a mudança de cor da sua flor

      11.1.17 0 Comentários
      Alguns amantes de flores, já passaram pela experiência de comprar uma planta já florescendo e na segunda florada ela alterar a cor "original". Quem não teve essa oportunidade poderá ter um dia, principalmente ao comprar plantas com flores brancas, que são as com mais chances de alteração. Assim como nós seres humanos, as plantas mudam e algumas dessas mudanças nos agradam muito!

      Violeta-africana (Saintpaulia) ganhada com florescência branca, que após um mês floresceu branca e rosa no meio.


      Experiências

      Tive duas experiências com alteração de cor das flores. A primeira foi um crisântemo de flores branca que comprei em um supermercado. Passado alguns meses, veio a segunda florada e com ela a surpresa, todas as flores nasceram rosadas e rajadas de branco. Fiquei muito curiosa na época e ficava pensando se tinha sido enganada quanto a sua cor original. Mas, na terceira florada, o tom de rosa diminuiu e coincidiu com a mudança de clima.
      A segunda experiência foi uma linda violeta-africana, que ganhei de presente de aniversário em 2016, de uma colega de trabalho (vide foto a cima). Ela veio com as flores brancas e após colocar em um local bem iluminado e quente, começou a brotar flores branca com um rosa escuro no meio.




       

      O que dão cor as plantas?

      Cientificamente falando, os pigmentos caratenóides, a clorofila e o flavonóides, que são encontrados no pH celular¹, quando misturados em diferentes proporções dão cor às plantas. Citei os três principais pigmentos, mas existem outros e como não tenho autonomia no assunto, vou explicar de forma mais dinâmica a minha experiência.



      Abaixo as principais causas

      • Mudar o local

      As plantas vendidas em floricultura ou mercados, geralmente são cultivadas em estufas e/ou locais fechados ou semi fechados, com controle da iluminação, irrigação e adubadas regularmente.
      Quando compramos um vasinho e levamos para casa ou até mesmo damos de presente, ele acaba mudando de ambiente, e consequentemente de clima e iluminação. Antes de chegar ao comércio ele já passou por outras alterações de local.


      • Solo e nutrientes (adubo)

      O pH (potencial hidrogeniônico) do solo pode ser considerado alcalino, neutro ou ácido e o que determina isso, além do tipo de solo (areia por exemplo, tem pH neutro), são os nutrientes. Sabe aquela casca de ovo sequinha e triturada ou pó/borra de café que colocamos na planta?

      Então, eles são alguns dos nutrientes caseiros que podemos utilizar para alimentar nossas plantinhas e isso também contribui com a alteração da cor. A casca de ovo por exemplo, fornece cálcio, magnésio e potássio e é um ótimo nutriente. Com isso, concluímos que o pH do solo pode impactar no pH celular da planta! 


      • Clima e iluminação
      Que as plantas precisam de luz para fazer a fotossíntese (um dos pigmentos), isso todos sabem. Agora vem outra parte interessante, se sua plantinha "passar frio ou calor", isso também irá refletir na cor das flores! Quanto mais calor e mais abundância de luz, mais sua flor irá puxar para o branco. Voltando aos pigmentos, a antocianina é um componente de cor do flavonóides, são geralmente produzidas em temperatura fria e uma leve diminuição da luz, lembrando que ela é responsável por cores como o vermelho e roxo. 


      Muitas plantas são híbridas, o que significa que foram cruzadas para gerarem outras plantas com cores e formatos diferentes, podendo também contribuir para a alteração de cor a longo prazo. 






      Incorpore um melhorista² e faça suas experiências

      Agora que já tem uma ideia de possíveis causas para a mudança de cor, faça uma experiência e comece por plantas com flores branca. Lembrando que tem plantas que normalmente já alteram sua cor com o tempo!
      Coloque em um local mais quente e com muita luz (só evite o sol direto em plantas que não toleram muito sol), assim que todas as flores morrerem coloque em um local com menos luz e clima mais ameno e observe!
      Não se esqueça de regar e adubar sempre que necessário.

      ¹ Não deve ser confundido com o pH do solo.
      ² Nesse caso é o profissional que faz melhoramento genético em espécies ornamentais.




      Quer ver Dicas de Cultivo de outras espécies?



      Qualquer reprodução (total ou parcial de textos ou imagens) do conteúdo divulgado no Blog "minijardimecia.com", sem a prévia autorização, é proibida. Conheça a Lei 9.610 e o artigo 184 do Código Penal.